Bem Vindo!

Nós temos 37 visitantes online

Aulas e Cursos Online

Download Zone

A palavra Física deriva do grego Physis que, por sua vez, significa Natureza.
A tarefa fundamental do Físico é explorar cientificamente os fenômenos que ocorrem na Natureza e assim colecionar um maior entendimento das Leis que regem o Mundo que nos cerca.
Não raro, o conhecimento colecionado acaba se transformando em aplicações tecnológicas de grande valor para a humanidade.
No entanto, no meu entendimento, a Física tem um objetivo muito maior que é aproximar o Homem do Meio Ambiente do qual faz parte. Nesse sentido, nós seres humanos, temos o privilégio de tomar consciência das maravilhas que o Universo reserva, por meio da exploração científica.
O objetivo desse blog é compartilhar, tanto quanto possível, o conhecimento que adquiri em anos de atividade tanto como Físico como Professor de Física.
Aqui,Professores, Alunos, Auto-Didatas e Apaixonados pela Ciência encontrarão textos, artigos científicos, videos, exercícios resolvidos, exercícios de vestibulares, enfim, uma quantidade de material suficiente para motivar e, espero, inspirar a paixão que
experimento sendo Físico.

Bons Estudos!



Cinemática a bordo de um balão!
Escrito por Emerson Cruz   
Um dos livros mais interessantes que li (e recomendo) foi A volta ao mundo em 80 dias de Júlio Verne. O livro conta uma super aventura protagonizada por Phileas Fogg e seu fiel assistente Jean Passepartout.
O livro lançado em 1874 (!), acabou virando filme em 1956 e foi um sucesso (vale a pena assistir, ainda que o filme faça algumas adaptações, como o uso do balão por exemplo).
Remexendo na minha estante acabei me deparando com o livro e lembrei que em certa altura Phileas Fogg cogita o uso de um balão para realizar parte da viagem, o que me inspirou a propor o seguinte desafio de cinemática!


Desafio

Sob o olhar do preciso Phileas Fogg, Jean Passepartout realizou o seguinte experimento a bordo de um balão. Arremessou simultaneamente dois corpos de massas distintas (M1 e M2) horizontalmente, mas com direções opostas. As intensidades das velocidades de arremesso foram v1=20m/s e v2= 80m/s.
Cronometrando o tempo à partir do instante do arremesso, em qual instante as velocidades dos corpos ficaram perpendiculares entre si?
Qual a altura mínima que o balão deve estar para que tal fenômeno seja possível?

(Admita que os corpos estejam sob ação exclusiva da gravidade e adote, por simplicidade, g=10m/s^2 )

resposta ! >>>
 
« InícioAnterior123PróximoFim »

Página 2 de 3

Biblioteca Virtual